10013708_10202649713796960_1601539881_n.jpg
10013708_10202649713796960_1601539881_n.jpg

1912314_10202649710396875_549368859_n.jpg
1912314_10202649710396875_549368859_n.jpg

flyer+pedalada.JPG
flyer+pedalada.JPG

10013708_10202649713796960_1601539881_n.jpg
10013708_10202649713796960_1601539881_n.jpg

1/16

Pedalada pelo Clima alerta para as mudanças climáticas

 De São Paulo

 

A pedalada comemora o Dia Nacional de Conscientização das Mudanças Climáticas, celebrado em 16 de março desde 2011. A data foi criada pela Lei 12.533, com o objetivo de incentivar escolas a promover atos, eventos e debates sobre o tema.

 

A cidade de São Paulo recebeu a primeira Pedalada Pelo Clima, promovida pela associação de ciclistas Bike Anjo e o movimento Clímax Brasil, que se propõe a mobilizar adolescentes e jovens contra o aquecimento global, com o apoio do WWF-Brasil.

 

Durante o percurso, os ciclistas puderam pedalar conhecer e parar em pontos estratégicos para discutir temas como planejamento, mobilidade urbana, mudanças climáticas e estratégias para reduzir as emissões de carbono. Os organizadores acreditam que a bicicletada é uma oportunidade para o público adotar a magrela como veículo e, assim, reduzir emissões e ter um estilo de vida mais saudável.

 

O evento aberto ao público e gratuita, teve como ponto de partida o Largo da Batata, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. De lá, os participantes passaram pela Praça Vitor Civita (ao lado da Editora Abril), Praça das Corujas, Parque Villas Lobos, Praça Pôr do Sol e, depois, voltaram ao ponto de partida.

 

Os 200 primeiros participantes que chegaram ao ponto de encontro receberam camisetas, materiais impressos com informações sobre a mudança do clima e orientações sobre como apoiar a causa.

 

FONTE: Planeta Sustentável

Pedalada
           Pelo
                 Clima

Ouça a máteria feita 

pela Rádio CBN

 

Se quiser saber mais sobre         mobilidade, reveja nosso      

Hangout sobre o tema:                clicando aqui!